Crise no setor produtivo de laranja prejudica produtores de SP

Publicado em 28/06/2012 15:31 1104 exibições
Excesso de oferta deve causar perda de cerca de 83 milhões de caixas da fruta.

A falta de compradores para a safra 2012/2013 de laranja vem preocupando os citricultores, e o prejuízo pode chegar a 83 milhões de caixas de 40,8 quilos. O excedente da fruta no mercado , que produziu mais suco do que vendeu,além dos estoques cheios e a queda nas exportações são alguns dos motivos para o cenário atual, com os pomares cheios e as frutas apodrecendo e caindo ao chão.

De acordo com Edson Francisco Bassi, citricultor da cidade de Artur Nogueira, no interior de São Paulo, essa é uma das piores crises que o setor já enfrentou. “ Sou citricultor e já vivenciei várias crises no setor, mas essa que estamos sentindo agora é uma das piores. Além de não saber a que preço iremos vender nossa safra (que, além disso, já está praticamente toda no chão nas variedades precoces) não sabemos o que as indústrias vão fazer, se irão comprar ou não”, argumenta. Para Edson, é preciso encontrar uma solução urgente para a situação, de preferência uma medida governamental , já que crises no setor se repetem todos os anos.

Buscando aliviar a situação dos produtores, assim como encontrar soluções para a crise,o deputado Mauro Bragato (PSDB), presidente da Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento da Assembleia Legislativa de São Paulo, pretende se reunir com os secretários estaduais da Fazenda, Andrea Calabi, e da Casa Civil, Sidney Beraldo, para tratar do assunto.

Segundo Bragato, além da crise européia e da baixa capacidade de estocagem de suco pelas indústrias do exterior, as barreiras comerciais dos Estados Unidos ficaram mais rigorosas com relação ao suco concentrado importado do Brasil por conta das regras contra o fungicida carbendazim, o que prejudica o escoamento da produção nacional.

 

Tags:
Por:
Thaís Jorge
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário