Na Folha: Para justificar as obras do novo plano de concessões, safra de MT teria que quadruplicar

Publicado em 26/06/2015 07:58
Para compensar os custos de implantação de todas as obras, sem subsídio, do novo plano de concessões para escoar os grãos do Centro-­Oeste, a produção em Mato Grosso –a maior da região– precisaria mais que quadruplicar.
 
Estudos do próprio Governo Federal apontam que uma nova ferrovia precisaria transportar pelo menos 50 milhões de tonelas ao ano, o que equivale a toda produção prevista para esse ano no estado do Mato Grosso.

Segundo especialistas do setor, na prática será impossível leiloar todos os novos trechos. Alguns inviabilizam os outros comercialmente, mas todos foram incluídos no programa por uma decisão da presidente Dilma.

O projeto inclui ao menos cinco novas rotas de escoamento aos portos, sendo duas ampliações e dois projetos novos.
 
Confira a notícia original e na íntegra no site da Folha de S.Paulo.
Tags:
Fonte:
Folha de S. Paulo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

1 comentário

  • Telmo Heinen Formosa - GO

    A menor distância entre dois pontos é a "distância econômica"... O Brasil inventa pedágios rodoviários cada vez mais altos para ver se "viabiliza" as ferrovias. Um vergonha! Pior é constatar que quase ninguém fica indignado com estas manipulações. A solução é industrializar a produção na origem. O resto é pura poesia.

    0