Senador sugere a criação de um imposto mundial para a preservação da Amazônia

Publicado em 06/11/2017 08:29

O senador Alvaro Dias (Pode-PR) defendeu nesta segunda-feira (30) a cobrança de um imposto ambiental mundial para a preservação da Amazônia. O senador advertiu para os efeitos do aquecimento global e lembrou que a floresta amazônica gera oxigênio para o mundo. Em sua opinião, os países ricos cobram do Brasil ações para preservar a Amazônia, mas não contribuem para valorizá-la.

"Nós temos que cobrar do mundo pela preservação que fazemos. O mundo há de continuar respirando esse ar oxigenado que brota das profundezas da Amazônia, mas certamente será cobrado. Haveremos de cobrar. Há que se pagar esse imposto pela preservação ambiental do nosso país.", disse o Senador em discurso na tribuna do Senado.

Para Alvaro Dias, a cobrança do que chamou de “contribuição universal” para a Amazônia não se confunde com a entrega da floresta a outras nações ou a grupos econômicos estrangeiros.

Leia a íntegra no blog Ambiente Inteiro.

Fonte:
Ambiente Inteiro

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário