Milho MT: Estado precisa de leilões de Pepro para facilitar escoamento

Publicado em 13/08/2013 09:18
439 exibições

O último levantamento realizado pelo Imea, referente à safra de milho que está sendo colhida, mostra que a safra que já era a maior da história de Mato Grosso superou todas as expectativas, com a previsão de 18,72 milhões de toneladas. Com a manutenção da área de 3,01 milhões de ha, o grande impulsor do incremento na produção foi a produtividade, que deve ser de 103 sc/ha. Como o clima foi muito bom na maioria das regiões, aliado ao uso de alta tecnologia nas lavouras, o milho respondeu com grande produtividade. O médio-norte deve fechar sua produtividade maior que a do ano passado, em 107 sc/ha. Já o nordeste do Estado deve ter queda em relação ao ano passado, com 94 sc/ha. A produção deve ser 20% maior que a do ano passado e 120% mais elevada que a de cinco anos atrás. A maior produção vem do médio-norte, que deve produzir 10,26 milhões de toneladas, 55% do total do Estado. A região sudeste fica em segundo lugar, com 3,3 milhões de toneladas e uma participação de 18,1%. Os novos dados ressaltam ainda mais a grande necessidade das intervenções do governo com os leilões de Pepro, para facilitar o escoamento do cereal.

Leia o boletim na íntegra no site do Imea

Tags:
Fonte: Imea

Nenhum comentário