Baixa procura no primeiro leilão de milho de GO

Publicado em 14/08/2013 11:53
533 exibições

Realizado na manhã desta terça-feira (13), o primeiro leilão de milho da Conab, em Goiás, teve baixa procura. Das 100 mil toneladas que estavam previstas, 28.460 foram leiloadas. 

De acordo com o economista e analista de mercado da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), Pedro Arantes, o pouco tempo que o produtor teve para providenciar documentação comprometeu a participação.

O edital do leilão foi publicado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), na última quarta-feira (7). Esse primeiro leilão abrangeu 43 municípios na modalidade de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro).

A Faeg reforça a necessidade de mais leilões, pois há excesso de milho no mercado goiano, situação que tem feito com que a saca de 60 quilos do produto esteja cotada abaixo do preço mínimo. 

“Acreditamos que nos próximos leilões a participação será melhor, pois o produtor já terá tido tempo de cumprir toda a burocracia exigida para participar”, diz Pedro Arantes. 

O prêmio pago pelo governo ao produtor por saca nos leilões é de R$ 1,92. A expectativa é que o governo publique edital de novo leilão ainda esta semana. 

Tags:
Fonte: Faeg

Nenhum comentário