Milho: Chuvas no MT podem prejudicar a produtividade

Publicado em 23/04/2014 10:22 469 exibições

O milho cultivado em Mato Grosso na safra 13/14 teve sua semeadura finalizada na última semana de março de 2014, duas semanas após o término da semeadura do grão nas safras 11/12 e 12/13, e um mês após o encerramento da janela ideal de semeadura. As chuvas, que prejudicaram os trabalhos a campo no primeiro trimestre do ano, podem prejudicar o desenvolvimento do milho nos próximos três meses, porém, a perda pode vir com a escassez da chuva e não mais com o excesso observado nos meses passados. Apesar de ser normal para o Estado apresentar volumes de chuvas reduzidos a partir de meados de abril, tal fato pode prejudicar a produtividade, que já tem projeção inferior à das duas últimas safras, com média estimada atualmente em 85,4 sc/ha no Estado. De acordo com dados da Somar Meteorologia, para as próximas duas semanas a média das chuvas ocorridas nos municípios de Mato Grosso apresentará volumes pouco acima dos 20 mm por semana. Entretanto, para a segunda semana de maio o volume médio semanal das precipitações tem previsão próxima de 5mm e até lá estima-se que cerca de 99,8% do milho se encontrará pendoado, 45,9% em fase de enchimento de grãos e 7,8% em fase de maturação. Portanto, as chuvas ocorridas neste período podem ser decisivas para a produtividade do cereal mato-grossense nesta safra. 

Leia o boletim na íntegra no site do Imea

Tags:
Fonte:
Imea

0 comentário