Milho MT: Com déficit hídrico, em torno de 177 mil hectares deixaram de ser colhidos, aponta Imea

Publicado em 23/08/2016 07:49
205 exibições

A 2ª safra 15/16 de milho em MT apresentou grandes dificuldades na capacidade produtiva das lavouras. Alguns talhões apresentaram produtividade extremamente baixa, a ponto de a colheita nessas áreas nem mesmo se pagar, ocasionando um abandono de 177,7 mil hectares. A região nordeste e a médio-norte apresentaram as maiores extensões de área com produtividade extremamente baixa, o que aconteceu também na safra 15/16 de soja.

As expectativas no início da semeadura era de mais um ano com bom regime de chuva, mas o que aconteceu foi que o Estado registrou um déficit pluviométrico de 95,8 mm em abr/16 ante abr/15, principal período reprodutivo das plantas, consolidando com apenas 68,7 mm no acumulado do mês neste ano. Ao longo das fases de maturação e enchimento dos grãos, que ocorreram ao longo de mai/16 e jun/16, o acumulado de chuva foi inferior a 30 mm. Para ter acesso a mais informações sobre os impactos do déficit pluviométrico deste ano sobre a safra 2015/16 de milho.

Clique AQUI para ler o boletim semanal do Imea na íntegra

Fonte Imea

Nenhum comentário