Argentina já plantou 3 milhões de hectares de milho para a safra 2016/17

Publicado em 23/12/2016 08:22
104 exibições

Durante a última semana, o plantio de lotes de milho de segunda etapa e tardios, com destino ao grão comercial, novamente diminuiu no centro e no sul da área agrícola da Argentina.

Os maiores avanços se deram a partir das chuvas registradas durante o fim de semana, as quais ajudaram a recompor o perfil de umidade no solo nos primeiros centímetros. Apesar das chuvas registradas, parte das províncias de Córdoba, Santa Fe e Buenos Aires ainda possuem reservas de moderadas a regulares, pelas quais se esperam novas chuvas para continuar os trabalhos com bom ritmo.

Segundo o Panorama Agrícola Semanal (PAS) da Bolsa de Cereais de Buenos Aires (BCBA), parte dos lotes plantados transitam estados fenológicos entre pendamento e floração feminina (R1). As chuvas da última semana chegaram em momento preciso para os quadros que foram plantados mais cedo, que já passam pelo período de definição de rendimento. Até a data, o plantio está em 63% de uma área estimada em 4.900.000 hectares para esta safra, 27% a mais do que na safra anterior, que foi de 3.850.000 hectares. O avanço intersemanal foi de 5,6 pontos percentuais - em números absolutos, foram incorporados mais de 3 milhões de hectares.

Nas zonas do noroeste e do nordeste argentino, as últimas chuvas também permitiram repor as reservas hídricas nos perfis. Por outro lado, os primeiros quadros semeados começaram a emergir debaixo de muitas boas condições. Sobre a zona centro-leste de Entre Ríos, os lotes plantados mais cedo continuam transitando a etapa de floração feminina (R1). Na província de Córdoba, as reservas hídricas ainda são moderadas, no aguardo de novas chuvas para continuar o plantio.

Sobre as zonas Núcleo norte e sul do país, o plantio de quadros tardios e de segunda etapa foi retomado logo depois das chuvas registradas no último final de semana. Por outro lado, grande parte dos lotes plantados mais cedo se encontram na fase de definição de rendimento.

Tradução: Izadora Pimenta

Fonte: Infocampo.com.ar

0 comentário