Milho reverte perdas e volta a registrar ligeiras altas no pregão desta 4ª feira na Bolsa de Chicago

Publicado em 01/02/2017 13:30
213 exibições

No pregão desta quarta-feira (1), os futuros do milho voltaram a testar ligeiras altas na Bolsa de Chicago (CBOT). Por volta das 13h01 (horário de Brasília), as principais posições do cereal exibiam valorizações entre 3,00 e 3,25 pontos. O contrato março/17 era negociado a US$ 3,63 por bushel, enquanto o maio/17 operava a US$ 3,70 por bushel.

Mais uma vez, o mercado testa uma ligeira reação e tenta dar continuidade ao movimento positivo registrado no dia anterior. De acordo com dados do site Agriculture.com, os investidores já estão preocupados com as exportações americanas devido às alterações no Tratado do Trans-Pacífico.

"A remodelação do Acordo Livre Comércio da América do Norte possa restringir a demanda por produtos dos Estados Unidos", reportou o site internacional em nota.

Em contrapartida, o foco dos participantes do mercado também está voltado para a safra norte-americana. A perspectiva inicial é que haja uma queda na área destinada ao cereal nesta temporada.

BM&F Bovespa

Enquanto isso, na BM&F Bovespa, as cotações do cereal operam com ligeiras movimentações nesta quarta-feira (1). Às 12h52 (horário de Brasília), apenas o contrato maio/17 recuava 0,28%, com a saca a R$ 32,60. O vencimento março/17 era negociado a R$ 34,49 a saca, com alta de 0,29%.

Já o dólar era cotado a R$ 3,1615 na venda, com valorização de 0,33%, perto das 12h59. O câmbio voltou a subir depois de encerrar o mês de janeiro com queda de mais de 3%.

Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário