Após ganhos recentes, milho inicia pregão desta 5ª feira próximo da estabilidade na Bolsa de Chicago

Publicado em 23/02/2017 09:32
119 exibições

Após dois dias de ligeiras altas, as principais posições do milho negociadas na Bolsa de Chicago (CBOT) iniciaram o pregão desta quinta-feira (23) com leves quedas, próximas da estabilidade. Por volta das 9h04 (horário de Brasília), os vencimentos do cereal testavam perdas entre 0,25 e 0,50 pontos. O contrato março/17 era cotado a US$ 3,70 por bushel, enquanto o maio/17 trabalhava a US$ 3,77 por bushel.

De acordo com os sites internacionais, os participantes do mercado aguardam os dados do Agricultural Outlook Fórum realizado pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos). "As novas estimativas chegam no mercado em um momento de intenso debate sobre exatamente quanto milho os produtores americanos irão plantar em comparação com a soja", reportou o site Agrimoney.com.

"O mercado já está negociando mais hectares de soja e menos de milho e trigo", disse Benson Quinn Commodities. "Alguns comerciantes acreditam que as plantações de soja acabarão maiores do que as de milho", destacou Terry Reilly, no Futures International.

Além disso, os investidores ainda avaliam a relação entre México e Estados Unidos. "Nós admitimos que alguns produtores dos EUA estão preocupados com uma guerra comercial entre os dois países, e podem decidir plantar mais soja em vez de milho", reforça Reilly.

Confira como fechou o mercado nesta quarta-feira:

>> Com suporte da demanda, milho fecha em campo positivo pelo 2º dia consecutivo na Bolsa de Chicago

Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário