Milho: Leilão de Pep negocia 93,40% da oferta e registra deságio de 56,63%; Pepro comercializa 100%

Publicado em 10/08/2017 11:46 e atualizado em 10/08/2017 16:40
638 exibições

Nesta quinta-feira (10), a Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) realizou novas operações de apoio à comercialização do milho. O leilão de Pep (Prêmio para Escoamento de Produto) negociou 93,40% do total ofertado, de 60 mil toneladas do grão. Nessa operação, apenas os estados de Mato Grosso do Sul e Goiás foram contemplados.

No estado sul-mato-grossense, 100% da oferta, de 30 mil toneladas, foi arrematada. Com a disputa, o valor do prêmio recuou de R$ 4,36 para R$ 2,88, uma desvalorização de 34,07%, ainda conforme dados da Conab.

Em Goiás, apenas 26,038 mil toneladas foram negociadas, das 30 mil toneladas ofertadas. A sobra ficou em 3,96 mil toneladas do cereal. Assim como em MS, o prêmio inicial cedeu de R$ 3,52 para R$ 1,53, uma queda de 56,63%.

Resultado do leilão de Pep de milho - 10 de agosto

Pepro

O leilão de Pepro (Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural) negociou 100% do total ofertado, de 692 mil toneladas. Em meio à disputa pelos lotes, os prêmios também recuaram assim como na operação de Pep.

O maior deságio foi registrado no centro-sul de Mato Grosso e o prêmio recuou de R$ 4,59 para R$ 2,28, uma queda de 50,39%. No norte do estado, o prêmio baixou de R$ 5,58 para R$ 3,52, uma desvalorização de 36,84%.

Já na região centro-norte, o prêmio inicial era de R$ 5,25, porém, o valor de fechamento foi de R$ 3,39, um recuo de 35,50%. No nordeste do estado, o prêmio caiu de R$ 4,59 para R$ 2,86, uma perda de 37,60%.

Para o lote de Mato Grosso do Sul, o prêmio recuou de R$ 4,36 para R$ 3,00. Já o lote 6, de Goiás e Distrito Federal, o prêmio cedeu 0,34%, recuando de R$ 3,52 para R$ 3,51.

Resultado do leilão de Pepro - 10 de agosto

Clique aqui e confira o resultado da última operação da Conab.

Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário