Milho abre a sexta-feira mantendo as valorizações em Chicago

Publicado em 13/12/2019 09:04 e atualizado em 13/12/2019 11:59
210 exibições
Avanço nas negociações comerciais e novas vendas sustentam o mercado

LOGO nalogo

A sexta-feira (13) começa com os preços internacionais do milho futuro contabilizando ganhos na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registravam altas entre 4,25 e 7,50 pontos por volta das 08h45 (horário de Brasília).

O vencimento dezembro/19 era cotado à US$ 3,74 com valorização de 7,50 pontos, o março/20 valia US$ 3,82 com elevação de 4,75 pontos, o maio/20 era negociado por US$ 3,89 com alta de 4,75 e o julho/20 tinha valor de US$ 3,94 com ganho de 4,25 pontos.

Segundo informações da Agência Reuters, os futuros do milho sobem nesta semana após a  Casa Branca concordar em suspender algumas tarifas sobre produtos chineses e reduzir outras em troca da promessa de Pequim de aumentar as compras de produtos agrícolas dos EUA em 2020.

“Uma fonte informada sobre o status das negociações bilaterais disse que os Estados Unidos suspenderiam tarifas de US$ 160 bilhões em produtos chineses que deverão entrar em vigor em 15 de dezembro e reverterão as tarifas existentes. Em troca, Pequim concordaria em comprar US$ 50 bilhões em produtos agrícolas dos EUA em 2020, o dobro do que comprou em 2017, antes do início do conflito comercial, disseram duas fontes dos EUA informadas sobre as negociações”, aponta Colin Packham da Reuters Sydney.

Relembre como fechou o mercado na última quinta-feira:

>> Milho se valoriza em Chicago nesta 5ªfeira após EUA vender grande quantidade ao México

Tags:
Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário