Milho larga em alta nesta sexta-feira na B3 e em Chicago

Publicado em 11/09/2020 09:25 e atualizado em 11/09/2020 12:13 555 exibições
CBOT aguarda números do USDA hoje

LOGO nalogo

A sexta-feira (11) começa com os preços futuros do milho subindo na Bolsa Brasileira (B3). As principais cotações registravam movimentações positivas entre 0,41% e 0,98% por volta das 09h21 (horário de Brasília).

O vencimento setembro/20 era cotado à R$ 58,50 com valorização de 0,98%, o novembro/20 valia R$ 58,98 com alta de 0,41%, o janeiro/21 era negociado por R$ 59,20 com elevação de 0,59% e o março/21 tinha valor de R$ 58,49 com estabilidade.

Mercado Externo

A Bolsa de Chicago (CBOT) também inicia o dia em alta para os preços internacionais do milho futuro nesta sexta-feira. As principais cotações registravam movimentações positivas entre 1,25 e 2,75 pontos por volta das 09h11 (horário de Brasília).

O vencimento setembro/20 era cotado à US$ 3,60 com valorização de 2,75 pontos, o dezembro/20 valia US$ 3,67 com alta de 2,25 pontos, o março/21 era negociado por US$ 3,76 com elevação de 1,75 pontos e o maio/21 tinha valor de US$ 3,82 com ganho de 1,25 pontos.

Segundo informações do site internacional Successful Farming, os mercados estão aguardando que o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgue seus novos relatórios nesta sexta-feira sobre oferta/demanda e de exportações semanais.

“As estimativas de comércio sugerem uma diminuição muito maior do rendimento do que a história diz ser provável. Podemos estar nos preparando para uma reação de baixa se o USDA divulgar quedas menores do que o esperado para o rendimento. Se for assim que o relatório for, o comércio acreditará no relatório? Os fundos entrarão em ação e usarão um retrocesso para estender sua posição comprada, que já não era sazonal”, declarou Bob Linneman da Kluis Advisors.

Relembre como fechou o mercado na última quinta-feira:

>> Preço do milho sobe no Brasil em 5ªfeira de calmaria no mercado

Tags:
Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário