Plantio do milho continua no Rio Grande do Sul e saca está 58% mais cara do que mesmo período de 2019

Publicado em 19/09/2020 13:30 e atualizado em 20/09/2020 05:42 228 exibições

LOGO nalogo

A Emater (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural) divulgou seu boletim semanal com a atualização para as safras do Rio Grande do Sul. Segundo o levantamento, o plantio do milho verão segue avançando em diversas regiões do estado e as lavouras que foram atingidas pela geada no mês de agosto se recuperaram e se desenvolvem bem.

Já foram semeados 19,4 mil hectares na regional de Soledade, 70 mil hectares de milho grão e 28 mil de silagem na região de Frederico Westphalen, 25 milh hectares de milhão grão e 8,9 mil hectares de silagem em Erechim, 106 mil hectares na regional de Santa Rosa, 6,5% do total previsto em São Lourenço do Sul, 1% em Pelotas e 2,8% em Rio Grande. Além de já ter começado em Bagé, Ijuí e Caxias do Sul.

Por outro lado, a sequência de dias com chuva não permitiu avanço no plantio na regional de Porto Alegra, onde os solos não apresentam condições para manjeo no cultivo convencional.

Já o preço do milho no Rio Grande do Sul subiu 2,5% ao longo da semana sendo cotado à R$ 52,68 na última quinta-feira (17) contra os R$ 51,38 do dia 10 de setembro. Com relação ao mesmo período do ano anterior, a saca do cereal se valorizou 58%.

Tags:
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário