Preço do milho mantém leve alta na B3 nesta segunda-feira

Publicado em 30/11/2020 11:50 e atualizado em 30/11/2020 17:10 370 exibições
Chicago recua com realização de lucros

LOGO nalogo

A segunda-feira (30) segue com os preços futuros do milho subindo na Bolsa Brasileira (B3). As principais cotações registravam movimentações positivas entre 0,27% e 0,66% por volta das 11h42 (horário de Brasília).

O vencimento janeiro/21 era cotado à R$ 79,00 com ganho de 0,51%, o março/21 valia R$ 78,91 com alta de 0,39%, o maio/21 era negociado por R$ 74,90 com valorização de 0,27% e o julho/21 tinha valor de R$ 69,00 com elevação de 0,66%.

Os ganhos do cereal brasileiro apareceram mesmo com o dólar perdendo força ante ao real nas flutuações cambiais. Por volta das 11h49 (horário de Brasília), a moeda americana era cotada à R$ 5,30 com queda de 0,65%.

Mercado Externo

Os preços internacionais do milho futuro perderam força nesta segunda-feira e passaram a cair na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registravam movimentações negativas entre 3,50 e 4,50 pontos por volta das 11h38 (horário de Brasília).

O vencimento dezembro/20 era cotado à US$ 4,22 com perda de 3,50 pontos, o março/21 valia US$ 4,30 com baixa de 3,50 pontos, o maio/21 era negociado por US$ 4,32 com queda de 4,00 pontos e o julho/21 tinha valor de US$ 4,32 com desvalorização de 4,50 pontos.

Segundo informações da Agência Reuters, os contatos futuros do milho estão realizando lucros depois que o contrato mais ativo atingiu seu maior valor em uma base contínua desde 18 de julho de 2019, durante a noite. Forte redução da demanda de exportação.

O mercado aguarda também a divulgação dos volumes de exportação do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). Exportadores privados relataram a venda de 140.000 toneladas de milho para destinos desconhecidos, disse o USDA, que também confirmou vendas de outras 204.000 toneladas de milho para destinos desconhecidos.

Tags:
Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário