Preço da saca de milho segue recuando no Mato Grosso do Sul acompanhando o dólar

Publicado em 02/12/2020 14:38 480 exibições

LOGO nalogo

A Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária do Mato Grosso do Sul) divulgou seu Boletim Semanal da Casa Rural seguindo o acompanhamento da comercialização da safra de milho 2019/20 no estado.

De acordo com o levantamento, até o momento os produtores sul-mato-grossenses já negociaram 72,54%  das 10,618 milhões de toneladas produzidas nos 1,895 milhão de hectares cultivados.

Enquanto isso, o preço da saca do milho em MS se desvalorizou 2,70% entre 23 a 30 de Novembro de 2020. O cereal encerrou o período negociado a R$ 67,63. “As cotações do milho no mercado interno recuaram seguindo à desvalorização do dólar”, diz o relatório.

Apesar disso, o preço médio do mês de novembro segue cotado a R R$ 70,70, no comparativo com novembro do ano passado, houve avanço nominal de 99,67%, quando o cereal havia sido cotado, em média, a R$ 35,41/sc

“Reitera-se o fato de que essas cotações não significam que o produtor está recebendo esses valores, uma vez que há uma escassez de estoques de milho junto ao produtor neste momento, diante da comercialização antecipada da safra que acabara de ser colhida”, destaca a Famasul.

Tags:
Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário