Dois cenários diferentes para o mercado do milho

Publicado em 07/07/2010 18:03 424 exibições
Mais uma sessão de lateralidade no mercado de milho na BM&F. O mercado físico permanece pressionado com preços em queda na maior parte das regiões produtoras do país. Em SP, com a evolução da colheita, os consumidores recebem diretamente do produtor e, mantém-se a margem do mercado.

Na bolsa, o movimento de cobertura de vendas registrado nas últimas sessões permanece atuando de forma a impedir o reflexo deste cenário físico sobre os futuros, pelo menos no curto prazo.  As condições em geral tendem a permanecer favoráveis a evolução da colheita nos próximos dias, com chuvas de forma muito esparsas sobre o sudeste. Para o leilão de PEP/Pepro do próximo dia 08, a expectativa é de uma demanda firme assim como o registrado nos leilões anteriores, reflexo da ampla oferta interna e o fluxo de vendas de produtores (mesmo abaixo do preço mínimo) por ser esta a única oportunidade de comercialização que ofereça liquidez no momento. 

Em Chicago, sessão de fortes altas. Além da movimentação externa positiva (alta das commodities energéticas, metálicas e demais agrícolas), a piora de 2% nas condições das lavouras norte-americanas ontem renovam o temor de que o excesso de umidade no norte do cinturão possa reduzir a produtividade da safra atual. Ao mesmo tempo, reportes de players comercias indicando um maior potencial de importação de milho pela China nos próximos meses contribuem aos granhos. O posicionamento do mercado frente ao relatório de oferta e demanda mensal do USDA que tende a indicar estoques mais baixos nos EUA também favoreceu os ganhos de hoje. De qualquer forma, o destaque da sessão ficou por conta da forte presença de fundos na ponta compradora: embora o discurso fundamental o re-posicionamento de carteiras no início do semestre foi fator de suporte generalizado as commodities hoje.

Tendência- o call permanece neutro. O físico permanece pressionado, enquanto o futuro sustenta-se em cobertura de vendas e limitado interesse de venda nos patamares atuais.

Tags:
Fonte:
XP Investimentos

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário