Milho sente pressão da melhora do clima nos EUA e encerra em queda na CBOT nesta segunda-feira

Publicado em 07/06/2011 07:50 276 exibições
A melhora no clima, que interrompeu o as chuvas e permitiu a secagem do solo, levou a um recuo ontem nos preços do milho negociados na bolsa de Chicago. Analistas de mercado afirmaram que o tempo mais seco e quente permitirá finalmente que os produtores dos EUA possam semear o solo, depois de uma primavera mais úmida que o usual. "É possível entrar com maquinário em algumas regiões", disse à Bloomberg Drew Lerner, presidente da World Weather. Na bolsa de Chicago, os papéis com vencimento em setembro fecharam ontem a US$ 7,1150 por bushel, com queda de 19,50 centavos de dólar. No mercado interno, o indicador Esalq/BM&FBovespa para a saca de 60 quilos ficou em R$30,65, com variação positiva de 1,16%. Neste mês, o milho já acumula alta de 2,85%.
Tags:
Fonte:
Valor Econômico

0 comentário