Chuva prejudica lavouras de milho safrinha em MS e de trigo no PR

Publicado em 23/08/2011 07:35 297 exibições
A garoa fraca impediu a colheita do milho na região sul de Mato Grosso do Sul nos últimos dias, uma preocupação a mais para os produtores, que agora correm contra o tempo.

Na propriedade de Nilson Decian, em Dourados, dos 350 hectares plantados com milho ainda faltam 200 para serem colhidos. A qualidade do grão já está comprometida.

As geadas de junho e julho prejudicaram o desenvolvimento do milho, principalmente o que foi plantado depois da primeira semana de março. As perdas devem ser sentidas na hora da comercialização, os grãos estão menores e com menos peso.

No Paraná, choveu 268 milímetros em 22 dias, mais que o dobro esperado para todo o mês de agosto na região de Cascavel.

No trigo, as perdas são visíveis. Em vez do grão amarelo dourado, da planta madura, o que se vê é uma cor de queimado pela geada.

Apenas 3% da área de trigo foi colhida na região oeste do Paraná. Boa parte da plantação está madura, mas os agricultores não conseguem colher por causa das chuvas. O frio também preocupa os agricultores, uma nova geada pode complicar ainda mais a situação das lavouras.

Vanderlei Campos Júnior, agrônomo e chefe regional da Secretaria de Agricultura do Paraná, em Cascavel, explica quanto do trigo ainda está no campo para ser colhido e a estimativa de perdas. Confira no vídeo com a reportagem completa.

Tags:
Fonte:
Globo Rural

0 comentário