Produtores de Minas Gerais esperam por chuvas para iniciar plantio da safra de milho

Publicado em 03/10/2011 15:12 392 exibições
Perspectiva é que área seja ampliada em algumas regiões do Estado
Os produtores de Minas Gerais aguardam por bons volumes de chuvas para iniciar o plantio da safra verão 2011/12 de milho. A perspectiva é de que a área possa ser ampliada em algumas regiões do Estado, como no Triângulo Mineiro.

De acordo com a Emater de Uberlândia (MG), o indicativo é de que a área possa crescer em torno de 5% frente aos 15,8 mil hectares plantados na temporada 2010/11.

– A perspectiva é de um rendimento médio de 150 sacas de 60 quilos por hectare – comenta o engenheiro agrônomo Helvio Carlesso.

Ele informa que o custo médio estimado para produzir um hectare de milho oscila entre R$ 2,2 mil e R$ 2,5 mil. De acordo com Carlesso, este valor varia de acordo com a depreciação considerada, valor da terra entre outros índices.

Em relação ao clima, o indicativo é de retorno da chuva nesta semana, o que possibilitaria iniciar o plantio após o dia 15 de outubro.

– Esperamos que o plantio não atrase e que o desenvolvimento ocorra dentro da normalidade. Da área prevista, cerca de 90% é de milho transgênico – complementa o engenheiro.

Em Unaí, no noroeste de Minas Gerais, a Cooperativa Agrícola de Unaí Ltda (Coagril) estima um cultivo de 25 mil hectares de milho, com perspectiva de rendimento médio de 150 sacas de 60 quilos por hectare.

A estimativa de custo médio para produzir um hectare de milho é de R$ 1,4 mil, considerando que cerca de 90% da área será ocupada com cereal transgênico.

– O plantio em áreas de sequeiro está previsto para a segunda quinzena de outubro, dependendo de bons volumes de chuvas. Até agora não choveu o suficiente para iniciar o cultivo – comenta o engenheiro agrônomo Marcelo Camilo dos Santos.

Em Patos de Minas, no centro-oeste mineiro, ainda não existe uma definição da área a ser cultivada com milho. O indicativo inicial aponta para a estabilidade de área frente ao ano passado, de seis mil hectares. Por conta da falta de chuvas efetivas até o momento, os produtores locais acreditam que o plantio dificilmente iniciará antes de novembro.

A estimativa de rendimento médio em Patos de Minas é de 7,2 mil quilos por hectare, o que contribuiria para trazer rentabilidade ao produtor local. O custo médio para produzir um hectare de milho gira em torno de R$ 2 mil na região, considerando valores fixos e variáveis.

Tags:
Fonte:
Agência Safras

0 comentário