Corte no orçamento da Agricultura será de R$ 56,5 milhões

Publicado em 05/08/2015 15:37

O novo orçamento do Ministério da Agricultura começa a se desenhar depois dos últimos cortes estabelecidos pela equipe econômica. A secretaria-executiva da pasta fixou nesta segunda-feira (3/8) uma redução de 15%, equivalente a R$ 56,5 milhões, na contratação de bens e serviços e despesas com a concessão de diárias e passagens.

O corte promovido pela secretaria-executiva recaiu sobre todas as áreas do ministério - do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) ao gabinete da ministra Kátia Abreu. A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) ficou com o maior volume de recursos para gastos, de R$ 115,1 milhões. A Secretaria de Defesa Agropecuária e a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) também mantiveram orçamentos consideráveis, o primeiro com R$ 48,9 milhões e o segundo com R$ 67,042 milhões.

A ministra Kátia Abreu tem enfatizado que a defesa agropecuária é prioridade de sua gestão. Esse ajuste terá impacto principalmente sobre os serviços de apoio administrativo e operacional, locação de imóveis e veículos, terceirização, serviços de consultoria, auditoria externa, serviço de cópias e reprodução de documentos, serviços de limpeza e conservação, vigilância ostensiva e diárias e passagens.

Leia notícia original e na íntegra no site da Revista Globo Rural.

Assista também à entrevista que o economista Miguel Daoud concedeu ao Notìcias Agrícolas e entenda o corte no orçamento, clique aqui

Fonte:
Globo Rural

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário