Financeiro: Incertezas na Europa limitam recuperação do mercado

Publicado em 13/12/2011 08:33 272 exibições
A Europa ainda deve percorrer um longo caminho até encontrar uma solução concreta e duradoura para a crise que assola o continente. As incertezas ainda limitam qualquer tentativa de recuperação ensaiada por importantes economias europeias, que já sofrem com a ameaça de rebaixamento de sua nota de crédito por parte de agências de classificação como a Moody's, a Standard & Poor's e a Fitch. Nem mesmo a atuação do Banco Central Europeu no mercado secundário está sendo capaz de  sustentar uma reação mais firme, como informa uma notícia da Veja nesta terça-feira.

Hoje, portanto, os negócios ao redor do mundo não registram um dia positivo. Como noticiou a Reuters, na Ásia, as bolsas de valores dos principais países recuaram diante dessa ameaça de rebaixamento do rating de importantes nações da União Europeia.

"Embora houvesse esperança de que a Europa iria se estabilizar após a cúpula da semana passada, estamos vendo nova incerteza, com a Moody's, a Standard & Poor's e a Fitch alertando sobre a Europa", disse Hiroichi Nishi, gerente de ações da SMBC Nikko Securities, em Tóquio.

Na Europa, as bolsas operam estáveis nesta terça-feira. Ainda segundo a Reuters, o rebaixamento também preocupa os negócios bem como uma pressão de ações dos bancos.

Federal Reserve - Hoje, o Federeal Reserve também faz anúncios sobre a economia norte-americana. A instituição, porém, não deve trazer grandes mudanças ou mesmo novas medidas de estímulo a economia. A expectativa também tem alguma influência nos mercado nesta terça-feira.

Abaixo, você confere uma seleção com alguns destaques de importantes veículos de comunicação sobre o andamento da economia mundial hoje. Clique nos títulos e leia as notícias na íntegra:

>> Na Veja: Bolsas europeias buscam recuperação, mas apreensão com Europa limita melhora

Os mercados financeiros globais tentavam ensaiar uma melhora nesta terça-feira, mas preocupações sobre o longo caminho que a Europa ainda precisa percorrer para resolver a crise de dívida soberana limitavam a recuperação. O risco de rebaixamento do rating de países da região era mais um componente desfavorável.

>> No Estadão: Bolsas da Ásia sofrem com acordo europeu ‘insuficiente’

As bolsas asiáticas fecharam em queda nesta terça-feira. A maioria dos mercados da região acabou influenciada pelos relatórios de agências de classificação de risco, que consideraram "insuficiente" o acordo fechado na sexta-feira passada pela União Europeia para tentar salvar o euro.

>> No G1: Ameaça de rebaixamentos na Europa faz bolsas asiáticas caírem

As bolsas de valores asiáticas fecharam em baixa nesta terça-feira (13), com investidores assustados pela possibilidade de rebaixamentos em massa nos ratings soberanos da zona do euro, depois que o resultado da cúpula da União Europeia (UE) não conseguiu convencer os mercados.

Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário