Contra produtos da China, Mercosul estuda elevar tarifa externa

Publicado em 20/12/2011 07:51 230 exibições
De olho nos efeitos da crise econômica global, os países do Mercosul estudam elevar a tarifa externa cobrada de importados de fora do bloco como foram de evitar uma enxurrada de produtos da China. O assunto terá destaque na 42ª Cúpula do Mercosul, que começa nesta terça-feira em Montevidéu e que retomará antigas discussões sobre assimetrias, protecionismo e a adesão de outros países-membros - como a Venezuela -, no cenário de crise internacional.

Na segunda-feira, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, confirmou que "está sendo discutida uma lista com cem novos itens a ser taxados com a tarifa máxima da TEC (Tarifa Externa Comum), de 35%", o que dificultaria a entrada de determinados produtos estrangeiros no bloco. "A Argentina pede 200 para impedir que entrem produtos de fora do Mercosul", disse o ministro da Fazenda. Uma das grandes preocupações de agentes econômicos é que a China redirecione ao Mercosul os produtos que não conseguirá vender nos mercados europeu e americano, mais afetados pela crise.

Veja a notícia completa no site do Terra

Fonte:
BBC Brasil

0 comentário