Mercados asiáticos têm forte queda em 2011; Europa segue no foco

Publicado em 30/12/2011 07:20 190 exibições
As bolsas de valores da Ásia terminaram 2011 com a primeira queda anual em três anos, perdendo quase um quinto de seu valor por conta da crise de dívida da Europa e turbulência financeira, que abalou o apetite por risco de investidores, conduzindo-os a ativos mais seguros, como o dólar e o ouro. O índice MSCI de ações Ásia-Pacífico, com exceção do Japão acumula queda de 18% neste ano, enquanto o índice S&P/ASX 200 da Austrália desabou 14,5%, marcando a primeira série de quedas em 30 anos.

Investimentos considerados seguros provavelmente vão continuar beneficiados no início de 2012, com os agentes monitorando de perto esforços para conter a crise de dívida da Europa e a saúde da economia chinesa, que pode determinar o retorno ao risco. "A perspectiva geral é que no começo do próximo ano vai haver muitos fatores negativos a monitorarmos vindos da crise de dívida soberana europeia. O mercado continuará muito sensível aos desdobramentos na Europa no começo do ano", afirmou Kenichi Hirano, da Tachibana Securities, em Tóquio.

Veja a notícia completa no site do Terra
Fonte:
Reuters

0 comentário