Internacional: Clima frio nos EUA e crise na Ucrânia devem provocar novas altas nos preços dos grãos

Publicado em 14/03/2014 17:29 956 exibições

O mercado de commodities agrícolas deve registrar novas altas nas próximas semanas, segundo Bill Baruch, estrategista de mercado sênior da consultoria norte-americana iiTrader. O clima extremo nos Estados Unidos, a tensão política na Ucrânia e a volatilidade no preço de grãos como milho e trigo seriam indicadores da tendência. 

O trigo já registrou altas de até 6% nos últimos sete dias e o milho subiu 10% em 30 dias. Para Baruch, essas altas não representam qualquer surpresa. “Os preços estão subindo e a demanda está cada vez mais alta. Tivemos um inverno muito frio nos Estados Unidos”. Bill Baruch afirma que o excesso de frio impede os próximos plantios. “Os produtores não conseguem colocar suas sementes no solo… O milho geralmente é plantado até maio, mas será que o clima irá permitir esse plantio?”     

Baruch também ressalta que a crise na Ucrânia, terceiro maior produtor de milho do mundo e um dos maiores produtores de trigo, ainda influencia o mercado. “Os recentes exercícios militares da Rússia e as tropas na fronteira da Ucrânia só irão aumentar a crise e colaborar para a elevação dos preços dos grãos”.           

De acordo com a tendência observada por Baruch, o milho pode registrar altas consideráveis. “Hoje o milho é comercializado a US$ 5 o bushel, mas poderemos ver preços de US$ 6 em curto prazo”. 

Informações: Yahoo Finance 

Tradução: Fernanda Bellei

Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário