Dados da China mostram crescimento estabilizando, mas pode ser preciso mais estímulo

Publicado em 13/06/2014 08:20 263 exibições

A economia da China mostrou alguns sinais de estabilização em maio uma vez que o governo apresentou mais medidas de estímulo para evitar uma desaceleração forte, mas sinais de mais deterioração no mercado imobiliário indicam que novo suporte de política pode ainda ser necessário.

Uma vez que o setor imobiliário responde por mais de 15 por cento da produção da China, um declínio prolongado ou mais abrupto deve influenciar o tamanho da desaceleração da segunda maior economia do mundo, afetando a meta de crescimento de 7,5 por cento de Pequim para o ano.

Leia a notícia na íntegra no site da Reuters.

Fonte:
Reuters

0 comentário