Planalto confirma que novos ministros da Fazenda e do Planejamento serão anunciados na 5ª

Publicado em 26/11/2014 11:58 e atualizado em 26/11/2014 12:59 65 exibições

LOGO REUTERS (16408)

BRASÍLIA (Reuters) - Os novos ministros da Fazenda e do Planejamento serão anunciados na quinta-feira, mas não tomarão posse imediatamente, disse nesta quarta-feira o ministro da Comunicação Social, Thomas Traumann.

Os novos ministros vão trabalhar no Palácio do Planalto por um período, segundo Traumann, fazendo uma transição com a atual equipe dessas pastas.

"Ao contrário do que estão dizendo, os ministros serão anunciados amanhã (quinta-feira), mas não tomarão posse imediatamente", disse Traumann a jornalistas no Palácio do Planalto.

Traumann não comentou o que fontes do governo têm dito à Reuters de que o futuro ministro da Fazenda será Joaquim Levy e que Nelson Barbosa vai assumir o Ministério do Planejamento. Alexandre Tombini será mantido na presidência do Banco Central.

Os novos ministros devem dar uma entrevista coletiva após o anúncio.

Traumann não disse qual é a previsão para a posse dos novos ministros.

Na semana passada, havia grande expectativa de que a nova equipe econômica da presidente Dilma Rousseff fosse anunciada. Após horas de espera na sexta-feira, a Secretaria de Imprensa do Palácio informou que não haveria divulgação de nomes.

Fontes do governo disseram à Reuters que a presidente tinha preferido aguardar a votação do projeto de lei que amplia a possibilidade de abatimento da meta de superávit no Congresso para anunciar a nova equipe.

Mas a sessão do Congresso que iria analisar a proposta nesta quarta-feira foi cancelada por falta de quórum. Uma nova sessão foi convocada para a próxima terça-feira.

(Reportagem de Jeferson Ribeiro)

 

Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

1 comentário

  • Paulo Roberto Rensi Bandeirantes - PR

    Sr. João Olivi, diante da realidade do “mercado de ilusões” que este governo nos propicia, penso, a desconstrução vai chegar ao cúmulo de “virar o mundo” de cabeça para baixo. O Norte vai se transformar em Sul.

    A mudança será proposta por uma Medida Provisória (MP), que para ser aprovada os parlamentares vão exigir do Executivo a criação de mais DEZ ou VINTE Ministérios, pois a “base” precisa ser mais sólida (maior número de apoio) para se atingir a “governabilidade”. O intuito de tal MP vai alterar as posições dos pontos cardeais (Norte, Sul, Leste e Oeste). Para se posicionar geograficamente sem bússola, você se posiciona de tal maneira que o nascer do Sol esteja à sua “direita” e o por do sol ficara à sua “esquerda”; ou seja, a esquerda está após à direita e, nesta nova condição o nascer do sol será à esquerda e o por do sol à direita, satisfazendo o ego da presidenta.

    A ESQUERDA ESTÁ À FRENTE DA DIREITA !

    ....”E VAMOS EM FRENTE” ! ! !....

    0