Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA recuam na semana passada

Publicado em 11/12/2014 10:50 16 exibições

LOGO REUTERS

WASHINGTON (Reuters) - O número de norte-americanos que entraram com novos pedidos de auxílio-desemprego caiu na semana passada, indicando fortalecimento do mercado de trabalho.

Os pedidos iniciais recuaram em 3 mil, para 294 mil em números ajustados sazonalmente, na semana encerrada em 6 de dezembro, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira. Os dados da semana anterior não foram revisados.

Economistas consultados pela Reuters esperavam queda para 295 mil pedidos na semana passada.

A média móvel de quatro semanas, considerada uma medida melhor das tendências do mercado de trabalho já que minimiza a volatilidade semanal, subiu em 250, para 299.250, ficando abaixo da marca de 300 mil pelo 13º mês seguido.

(Reportagem de Lucia Mutikani)

Vendas sólidas no varejo dos EUA indicam fortes gastos de consumidores

WASHINGTON (Reuters) - Os gastos de consumidores norte-americanos cresceram em ritmo forte em novembro, com os preços menores de gasolina alavancando a temporada de compras de fim de ano, no mais recente sinal de fôlego na economia.

O Departamento do Comércio informou nesta quinta-feira que as vendas no varejo excluindo automóveis, gasolina, materiais de construção e serviços alimentares cresceram 0,6 por cento no mês passado, após alta de 0,5 por cento em outubro em números não revisados.

O chamado núcleo de vendas no varejo reflete melhor o componente de gastos de consumidores do Produto Interno Bruto (PIB).

Economistas consultados pela Reuters esperavam que o núcleo de vendas no varejo tivesse alta de 0,4 por cento no mês passado.

O crescimento do mês passado sugere que os gastos de consumidores, que respondem por mais de dois terços da atividade econômica dos EUA, estão acelerando no quarto trimestre após desacelerarem um pouco no período de julho a setembro.

(Por Lucia Mutikani)

Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário