A única contribuição do PT ao aperfeiçoamento do sistema penitenciário foi o envio do lote de corruptos de estimação

Publicado em 19/10/2016 09:47
77 exibições
Por Augusto Nunes

Para tornar menos apavorante o sistema penitenciário brasileiro, o primeiro ministro da Justiça do governo Lula, Márcio Thomaz Bastos, prometeu construir quatro presídios de segurança máxima. Inaugurou dois e esqueceu o assunto, só retomado pelo último ministro da Justiça do governo Dilma, José Eduardo Cardozo.

Cardozo lembrou que existiam cadeias depois que os companheiros do mensalão foram incorporados à população carcerária. Em vez de agir, preferiu atacar com palavras um problema gravíssimo. Primeiro, comparou as prisões a masmorras medievais. Depois, informou que preferia morrer a ser engaiolado.

A onda de rebeliões sangrentas atesta que a decomposição das cadeias faz parte da herança malditalegada pelos governos do PT. A única contribuição de Lula e Dilma ao sistema penitenciário foi aumentar o número de presos com a pequena multidão de delinquentes filiados ao partido.

Fonte: Augusto Nunes

Nenhum comentário