Ex-presidente Dilma Rousseff não se elege ao Senado por Minas Gerais

Publicado em 07/10/2018 23:20 e atualizado em 08/10/2018 10:45
324 exibições

SÃO PAULO (Reuters) - A ex-presidente Dilma Rousseff não conseguiu se eleger senadora por Minas Gerais na eleição deste domingo, ficando em quarto lugar na corrida ao Senado, de acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Rodrigo Pacheco (DEM) e Carlos Viana (PHS) foram eleitos na votação deste domingo para representar Minas Gerais no Senado Federal.

Em terceiro lugar ficou Dinis Pinheiro, do Solidariedade.

Em agosto de 2016, o Congresso votou para afastar Dilma da Presidência em um processo de impeachment que durou mais de nove meses, mas manteve os seus direitos políticos, o que permitiu que a petista concorresse neste pleito.

 

Dilma, Lindbergh e Pimentel: das urnas para a PF

Dilma Rousseff em quarto lugar, Lindbergh Farias em quarto lugar, Fernando Pimentel fora do segundo turno.

Se isso for verdade, eles perdem o foro privilegiado e, a partir desta segunda-feira, precisam pensar numa maneira de fugir da PF.

Fonte: Reuters/O Antagonista

Nenhum comentário