Equipe econômica estuda mudança na contribuição das empresas ao INSS

Publicado em 07/02/2019 11:45
88 exibições

A equipe econômica do governo estuda a criação de uma nova contribuição das empresas para financiar o INSS, substituindo a atual cobrança de 20% sobre folha de pagamentos, considerada muito alta. Seria uma forma de aliviar a carga tributária das empresas, uma promessa feita pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, em sua posse. O governo também tem planos de amenizar os descontos sobre os salários dos trabalhadores de baixa renda e estuda a redução da alíquota mínima cobrada no INSS, de 8% para 7,5%, e aumentar para os que ganham mais, dos atuais 11% para até 14%.

Leia a notícia na íntegra no site IstoÉ Dinheiro

Fonte IstoÉ Dinheiro

Nenhum comentário