Ações da JBS amargam perdas após prisão de Temer

Publicado em 21/03/2019 13:49
331 exibições

As ações da JBS amargam perdas de 3,67% após a prisão do ex-presidente Michel Temer, uma vez que "Temer tem ligação direta com a empresa, após ter sido gravado em conversas com Joesley Batista", disse Luiz Roberto Monteiro, operador da mesa institucional da Renascença. Em maio de 2017, Temer foi gravado em conversa com o dono da JBS sobre pagamentos ao ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha, dizendo que "tem que manter isso aí". Ao mesmo tempo, o Ibovespa caía 1,60%, aos 96.469 pontos. 

Fonte: Estadão

Nenhum comentário