Atividade industrial da zona do euro contrai mais rápido em março, mostra PMI

Publicado em 01/04/2019 07:39 e atualizado em 01/04/2019 08:15
19 exibições

LOGO REUTERS

Por Jonathan Cable

LONDRES (Reuters) - As fábricas da zona do euro tiveram em março seu pior mês em quase seis anos e indicadores antecedentes apontam para dificuldades à frente, mostrou a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês).

O PMI de indústria final do IHS Markit caiu pelo oitavo mês, atingindo 47,5 de 49,3 em fevereiro, abaixo da preliminar e a leitura mais fraca desde abril de 2013.

O subíndice de produção recuou a 47,2 de 49,4, menor patamar desde abril de 2013 e o segundo mês seguido abaixo da marca de 50 que separa crescimento de contração.

Os resultados decepcionantes saíram depois que o Banco Central Europeu mudou sua perspectiva no mês passado. O banco adiou o momento de uma alta dos juros até 2020 no mínimo e disse que oferecerá aos bancos uma nova rodada de empréstimos baratos para ajudar a reanimar a economia.

Pesquisa da Reuters no mês passado apontou que o BCE pode ter perdido a oportunidade de elevar os juros antes da próxima recessão. <ECILT/EU>

O PMI sugere que a contração já está em andamento --as novas encomendas caíram no ritmo mais rápido em mais de seis anos e as fábricas reduziram as compras de matérias-primas conforme estocam produtos não vendidos.

Fonte: Reuters

Nenhum comentário