Presidente da CCJ ignora acordo e diz que avaliará se Previdência pode ser votada nesta semana

Publicado em 16/04/2019 15:22
41 exibições

LOGO REUTERS

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, deputado Felipe Francischini (PSL-PR), ignorou acordo fechado entre lideranças na véspera que prevê a votação da reforma da Previdência na CCJ apenas na próxima semana e afirmou que ainda decidirá se ela poderá ser votada ainda nesta semana.

Na segunda-feira, o líder do governo, Major Vitor Hugo (PSL-GO), fechou acordo com a oposição --com exceção do PSOL-- e com o centrão para permitir um andamento mais tranquilo na CCJ. Pelo acerto, não haveria obstrução na discussão da proposta por parte da oposição, o governo se absteria de tentar encerrar a discussão e a votação ocorreria apenas na próxima semana.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

Fonte: Reuters

Nenhum comentário