Caixa concentra liberação de saques do FGTS em 2019 e antecipa impulso à economia

Publicado em 21/10/2019 15:08 e atualizado em 21/10/2019 16:08
27 exibições

LOGO REUTERS

BRASÍLIA (Reuters) - A Caixa Econômica Federal anunciou nesta segunda-feira que irá concentrar em 2019 a liberação de saques imediatos com recursos do Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS), ante calendário prévio que ia até março, numa medida que deve dar impulso adicional à atividade econômica neste ano.

Agora, o cronograma de início de saque irá de 18 de outubro a 18 de dezembro, conforme data de nascimento do trabalhador.

Antes, esse calendário ia até março do ano que vem, sendo que todos os trabalhadores sem conta poupança na Caixa nascidos a partir de julho poderiam fazer a retirada somente em 2020.

Os saques são limitados a 500 reais por conta. Com o desenho anterior, o governo havia projetado a liberação de 28 bilhões de reais em 2019 e outros 12 bilhões de reais no próximo ano, somando 40 bilhões de reais no total.

Considerando ainda a liberação prevista de 2 bilhões de reais de recursos do PIS/Pasep em 2019, o governo havia estimado um impulso adicional de 0,35 ponto percentual no Produto Interno Bruto (PIB) distribuídos entre este ano e o ano que vem. Com a mudança, a ajuda à atividade econômica deverá ser toda sentida em 2019.

(Por Marcela Ayres)

Fonte: Reuters

0 comentário