Ibovespa recua com Vale em dia sem EUA; Petrobras atenua perda

Publicado em 04/07/2022 11:47

Logotipo Reuters

O Ibovespa recuava nesta segunda-feira, com Vale caindo 1,5% na esteira do declínio dos preços do minério de ferro na Ásia, mas a queda era atenuada pelo avanço de Petrobras com alta dos preços do petróleo.

Às 11:25, o Ibovespa caía 0,43%, a 98.528,94 pontos, em sessão marcada por feriado nos Estados Unidos, o que reduz a liquidez no pregão brasileiro. O volume financeiro somava apenas 2,8 bilhões de reais.

A XP Investimentos chamou a atenção para a agenda cheia da semana, com destaque para a ata da última reunião de política monetária dos EUA (quarta-feira), além de dados de mercado de trabalho de junho norte-americano (sexta-feira).

No Brasil, a equipe da plataforma de investimentos destacou em nota a clientes que o foco continuará na tramitação da PEC dos Benefícios fiscais, agora na Câmara dos Deputados, com a pauta destacando o IPCA de junho (sexta-feira).

Nesta segunda-feira, os mercados no exterior não mostravam uma tendência única, com os futuros acionários em Nova York mostrando fraqueza, enquanto as bolsas na Europa tinham sinal positivo busca com de investidores por barganhas .

"O mercado continua a pesar as ameaças de enfraquecimento do crescimento econômico e inflação persistente", afirmou a Terra Investimentos em nota a clientes. "As chances crescentes de uma recessão nos EUA - ou mesmo global - assusta os investidores."

DESTAQUES

- VALE ON caía 1,5% com contratos futuros de minério de ferro nas bolsas de Dalian e Cingapura recuando nesta segunda-feira, prejudicados por uma perspectiva pessimista para a demanda da commodity na China, onde muitas siderúrgicas estão sofrendo perdas e reduzindo a produção. CSN MINERAÇÃO ON perdia 3,4%.

- PETROBRAS PN subia 1,4% e PETROBRAS ON avançava 1,6% com os preços do petróleo em alta diante de preocupações com a oferta impulsionadas pela menor produção da Opep, agitação na Líbia e sanções à Rússia.

- ITAÚ UNIBANCO PN recuava 0,9% e BRADESCO PN perdia 0,95%;

- LOCAWEB ON valorizava-se 7%, buscando se recuperar da perda de cerca de 15% em junho. No setor, POSITIVO TECNOLOGIA ON mostrava acréscimo de 2%, após tombo de 26% no mês passado.

- CIELO ON cedia 3,3% após forte valorização na última sexta-feira, de 4,8%. O papel acumula em 2022 uma alta de cerca de 68%.

- QUALICORP ON mostrava elevação de 1,7%, após a administradora de planos de saúde adquirir carteira com cerca de 6,7 mil vidas, no segmento coletivo por adesão, do Grupo Clube Care. O valor do negócio não foi revelado. No setor de saúde, HAPVIDA ON subia 4,8% e REDE D'OR ON tinha acréscimo de 2,55%.

- CSN ON caía 2,6%, em sessão negativa para siderúrgicas, com USIMINAS PNA perdendo 2% e GERDAU PN recuando 1,4%. A CSN e sua controlada CSN Energia acertaram a compra da Chapecó, que detém o direito de exploração da hidrelétrica Quebra-Queixo, em Santa Catarina, pelo preço base de 427,5 milhões de reais.

Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário