Alíquota efetiva: você sabe quanto paga de imposto de renda?

Publicado em 06/01/2009 12:38 e atualizado em 10/03/2020 17:20 4958 exibições
No final de 2008, com o objetivo de amenizar os efeitos da crise internacional no bolso do brasileiro, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou, entre outras medidas, mudanças nas regras do imposto de renda, acrescentando mais duas faixas de tributação à tabela progressiva do IR.

De acordo com a nova tabela, em vigor desde o dia 1º de janeiro, além da faixa isenta, as alíquotas variam de 7,5% a 27,5%. Mas será que o contribuinte realmente paga todo esse percentual a título de imposto de renda?

Alíquota efetiva

Com o objetivo de tornar mais transparente ao cidadão a parcela que realmente incide sobre seus rendimentos, a Receita Federal disponibiliza, em sua página na internet (www.receita.fazenda.gov.br), uma ferramenta que calcula a alíquota efetiva do IR sobre os rendimentos.

Com o aplicativo, fica claro que as alíquotas existentes hoje (0%, 7,5%, 15%, 22,5% e 27,5%) incidem apenas sobre os valores que ultrapassam a faixa da alíquota anterior. Por exemplo, um contribuinte que ganhe, por mês, R$ 5 mil, sem nenhuma dedução, tem uma alíquota efetiva de 14,24%, apesar de, pela tabela progressiva, se enquadrar na faixa dos 27,5%.

Isso acontece porque, de acordo com a tabela progressiva atual, a parcela dos rendimentos até R$ 1.434,59 é isenta. Sobre os valores de R$ 1.434,60 até R$ 2.150, incide a alíquota de 15%. Na sequência, sobre o montante entre R$ 2.866,71 e R$ 3.582, a alíquota é de 22,5%. A alíquota de 27,5% incide apenas na parcela superior a R$ 3.582,01.

Na ponta do lápis

A tabela abaixo mostra, em detalhes, como chegar à alíquota efetiva, com base ainda no exemplo anterior:
Rendimentos tributáveis no mês: R$ 5 mil

Valor Alíquota Valor do imposto
1ª faixa R$ 1.434,59 Isento 0,00
2ª faixa R$ 715,41 7,5% R$ 53,65
3ª faixa R$ 716,70 15% R$ 107,50
4ª faixa R$ 715,30 22,55% R$ 160,94
3ª faixa R$ 1.418 27,5% R$ 389,95
Total R$ 5.000,00 --- R$ 712,04
Fonte: Receita Federal

Tabela progressiva

A ferramenta da Receita, para o cálculo mensal, segue a tabela atualizada, que vale para as informações financeiras de 2009, mas que, para a declaração de ajuste anual do Imposto de renda, só será utilizada no IR.

Fonte:
Uol

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário