Usina e CPFL investirão R$ 496,5 mi para produzir energia a partir da cana

Publicado em 26/03/2010 09:15 472 exibições
O grupo Pedra Agroindustrial e a CPFL Paulista irão investir R$ 496,5 milhões para gerar energia a partir do bagaço de cana-de-açúcar. Desse montante, R$ 366,5 milhões serão aportados pela CPFL e o restante, pelo grupo sucroalcooleiro.

O investimento nas três unidades da Pedra em Serrana, Buritizal e Nova Independência adicionará 145 megawatts à rede da CPFL a partir de 2011. A energia que será produzida é suficiente para atender a 90% do consumo mensal de Ribeirão Preto, segundo estimativa da CPFL.
O grupo Pedra investe na geração de energia para consumo próprio, tendo como insumo o bagaço da cana-de-açúcar, desde 2003.

Somente agora, porém, terá seus geradores ligados à rede de distribuição da CPFL.
A meta da ex-estatal paulista de energia é chegar a 500 MW de energia elétrica a partir da biomassa nos próximos anos, o que representa 28% do que a CPFL distribui no Brasil atualmente.
Na região, a co-geração de energia a partir da cana começou nos anos 1980, quando o grupo Balbo começou a produzir nas usinas Santo Antônio e São Francisco. Na Santo Antônio há, inclusive, uma subestação da CPFL Paulista.
Fonte:
Folha de São Paulo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário