A Bovespa, o dólar e os mercados mundiais neste dia 3 de maio

Publicado em 03/05/2010 13:12 217 exibições

Depois de abrir em alta, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) inverteu sua tendência e opera em queda. O Ibovespa, principal índice de referência do mercado brasileiro, perdia 0,96% por volta das 12h30m, para 66.878 pontos. A Bovespa fechou o mês de abril com perdas de 4,04%. <?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

Já o dólar opera em queda. Por volta das 12h30m, a moeda americana recuava 0,12%, a R$ 1,736.

O mercado brasileiro cai puxado pelas ações da Petrobras. O papel PN da empresa recuava 3,17% por volta das 11h50m, para R$ 31,76.

- A nova proposta de capitalização da Petrobras foi a princípio bem recebida, mas há preocupações sobre os riscos e o mercado está vendendo os papéis da empresa - explica Eduardo Camargo Oliveira, da mesa de operações da corretora Um Investimentos.

Na sexta-feira passada (30), a estatal revelou que a cessão onerosa de até 5 bilhões de barris de óleo deverá ser feita apenas com base na certificação feita pela DeGolyer MacNaughton, consultoria contratada pela estatal.

O Conselho de Administração recomendou que a capitalização da empresa, prevista para ser privada (restrita aos atuais acionistas), seja aberta também a investidores que não possuem papéis da companhia.

O Conselho manteve a meta para que as operações de capitalização e cessão onerosa sejam realizadas até julho. Para isso, será necessário fazer a cessão onerosa com base somente no laudo da DeGolyer MacNaughton. A solução encontrada pela empresa foi propor um ajuste assim que a certificação contratada pela agência reguladora fique pronta.

Outro fator que prejudica as ações de empresas exportadoras, segundo ele, é a notícia de a China decidiu aumentar em 0,5 ponto percentual a alíquota do depósito compulsório para a maioria dos bancos a partir do dia 10 deste mês. É a terceira vez neste ano que a autoridade monetária amplia essa taxa.

- A notícia é negativa para exportadores brasileiros e por isso afeta ações de empresas ligadas a commodities, como a Vale - diz.

Vale PNA perdia 1,16% por volta das 11h50m, a R$ 45,99.

O mercado avalia hoje o pacote de 110 bilhões de euros, cerca de US$ 146 bilhões, que será liberado nos próximos três anos para a Grécia, pelo Fundo Monetário Internacional e pela União Europeia.

O mercado americano, por sua vez, opera em alta. O índice Dow Jones avançava 0,78% às 12h30m (horário de Brasília), enquanto o S&P 500 ganhava 0,62% e o Nasdaq, 0,75%.

Na Europa, a bolsa de Frankfurt operou em queda a maior parte do dia, mas fechou em alta de 0,46%. As bolsas de Paris e de Londres não funcionam hoje.

Entre as maiores altas do Ibovespa, estavam os papéis ON da Sabesp, com valorização de 5,42%, para R$ 35,19, Cyrela Relaty ON, com acréscimo de 2,97%, a R$ 21,13, e Natura ON, apreciação de 2,87%, para R$ 37,96.

No sentido oposto, destaque de baixa não apenas para os papéis PN da Petrobras, como para os ON, que recuavam, há pouco, 1,89%, a R$ 36,25. Também em queda estavam as ações PNB da Eletropaulo, com depreciação de 1,58%, para R$ 33,60.

 

Asiáticas em queda

As bolsas da Ásia registraram perdas nesta segunda-feira, em jornada em que os agentes avaliaram a decisão do governo chinês de aumentar a taxa do depósito compulsório, uma nova medida para evitar o avanço da inflação e o aumento dos preços dos imóveis.

O banco central chinês definiu que a alíquota do depósito compulsório para a maioria dos bancos vai aumentar em 0,5 ponto percentual a partir do dia 10 deste mês. É a terceira vez neste ano que a autoridade monetária amplia essa taxa.

Os investidores avaliaram ainda o acordo dos ministros das Finanças da zona do euro para ativar o mecanismo de ajuda à Grécia. Os europeus e o Fundo Monetário Internacional (FMI) vão contribuir com 110 bilhões de euros, cerca de US$ 146 bilhões, nos próximos três anos. Mas a notícia não foi suficiente para que as bolsas encerrassem a sessão no território positivo.

Em Hong Kong, o Hang Seng teve retração de 1,4%. Já o Kospi, de Seul, registrou declínio de 1,17%.

Foi um dia com baixo volume de negócios na Ásia, uma vez que as bolsas de Tóquio e Xangai não funcionaram por conta de feriado. Os mercados na Tailândia e Filipinas também não abriram nesta segunda-feira.

 
Fonte:
Valor Econômico

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário