Bovespa sobe 0,72% nos primeiros negócios; dólar recua para R$ 1,83

Publicado em 07/05/2010 11:19 229 exibições

As ações brasileiras valorizam desde os primeiros negócios desta sexta-feira (7). No dia seguinte à onda de nervosismo curta, porém intensa, que se abateu sobre os mercados ontem, investidores e analistas avaliam as primeiras notícias do dia: Itália e Grécia aprovaram ajuda à Grécia e, nos EUA, a geração de empregos foi bem superior ao previsto. <?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

O Ibovespa, principal índice de ações da Bolsa paulista, sobe 0,72%, aos 63.872 pontos. Ontem, a Bovespa fechou em queda de 2,31%.

 

O dólar comercial é negociado por R$ 1,834, em um decréscimo de 0,81%. A taxa de risco-país marca 234 pontos, número 1,26% abaixo da pontuação anterior.

 

As principais Bolsas asiáticas encerraram os negócios com fortes perdas, ainda refletindo a derrocada geral dos mercados ontem. Em Tóquio, o índice de ações Nikkei recuou 3,1%; em Hong Kong, o índice Hang Seng perdeu 1,06%.

 

Na Europa, o índice FTSE, da Bolsa de Londres, cai 0,46%; em Frankfurt, o índice Dax retrai 0,88%.

 

Entre as primeiras notícias do dia, o Departamento de Trabalho dos EUA registrou a geração de 290 mil vagas no mês de abril. A taxa de desemprego atingiu 9,9%, após três meses consecutivas estabilizada em 9,7%.

 

Economistas do setor financeiro estimavam a criação de 190 mil vagas e a manutenção da taxa de desemprego em 9,7%.

 

O governo italiano aprovou um decreto de lei que contempla 14,8 bilhões de euros (US$ 18,83 bilhões) em empréstimos à Grécia, dentro da ajuda prometida pelos membros da zona do euro e do FMI (Fundo Monetário Internacional). A Câmara Baixa do Parlamento da Alemanha também votou hoje a favor de uma lei para liberar a contribuição do país para o pacote de resgate da Grécia.

 

No front doméstico, o IBGE apontou inflação de 0,57% em abril, pela leitura do IPCA, acima das expectativas do mercado (consenso em 0,55%).

Fonte:
Folha de São Paulo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário