Bovespa acentua perdas; dólar desce para R$ 1,81

Publicado em 28/05/2010 15:38 341 exibições

O mercado brasileiro de ações acentua as perdas registradas na jornada desta sexta-feira. A agência de classificação de risco Fitch rebaixou a nota atribuída à Espanha, apontando uma lenta recuperação econômica, por conta das medidas de austeridade fiscal já anunciadas. Pela manhã, analistas chamavam a atenção para o feriado de segunda nos EUA, estendendo o final de semana, como um motivo adicional de cautela para os investidores.

O índice Ibovespa, que reflete os preços das ações mais negociadas, retrai 0,68%, aos 61.669 pontos. O giro financeiro é de R$ 4,28 bilhões. Nos EUA, o índice Dow Jones, da Bolsa de Nova York, cai 1,01%.

Na Europa, a Bolsa de Londres fechou em queda de 0,12%; em Frankfurt, a Bolsa local valorizou 0,15%.

O dólar comercial é cotado por R$ 1,819, em um decréscimo de 0,38%. A taxa de risco-país marca 231 pontos, número 1,76% acima da pontuação anterior.

Entre as principais notícias do dia, o governo americano revelou que o nível de renda dos cidadãos teve um aumento de 0,4% no mês de abril, em linha com as expectativas, mas que o nível de gastos ficou praticamente estável, em um ritmo mais lento do que o esperado pelo mercado financeiro.

A sondagem da Universidade de Michigan mostrou que o nível de confiança dos americanos na economia de se país melhorou entre abril e maio: o índice apurado pela entidade teve uma leitura de 73,6 pontos, ante 72,2 pontos em abril. Economistas de Wall Street previam uma cifra em torno de 73,3 pontos.

No front doméstico, a FGV apontou inflação de 1,19% em maio, ante 0,77% em abril, pela leitura do IGP-M, utilizado para o reajuste dos aluguéis. Economistas de bancos e corretoras estimavam uma variação de 1,29%.

Fonte:
Folha Online

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário