Ainda é tempo de acessar o PAP antigo

Publicado em 15/06/2010 10:12 108 exibições
Como ocorre há dois anos, parte dos recursos do PAP 2009/10 ainda não foi tomada pelo setor, na reta final da safra. Até abril, perto de R$ 30 bilhões do total de R$ 108 bilhões não tinham sido aplicados, reforçando o argumento do setor produtivo de que o crédito oficial está cercado de restrições. Na avaliação dos bancos, no entanto, perto de 100% dos recursos serão repassados até o final de junho. Em julho, passam a valer as regras e o orçamento do novo PAP.

O Banco do Brasil informa que parte dos recursos da safra 2009/10 está sendo repassada para compra de insumos para o ciclo 2010/11. As chamadas operações de pré-custeio devem ultrapassar os R$ 200 milhões de junho de 2009, prevê o gerente de Agronegócio do BB no Paraná, Cezar de Coll.

“A tendência é que antes do período de maior compra de insumos para a safra, no pré-custeio, os preços sejam menores. Porém, isso depende dos cenários interno e externo”, frisa o economista da Faep Pedro Loyola. Ano passado, o produtor que deixou as compras para a última hora saiu ganhando, num cenário considerado atípico. Quem fez pré-custeio pagou também juros por mais tempo.

Fonte:
Gazeta do Povo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário