Dólar fecha a R$ 1,76; Bovespa recupera e sobe 0,37%

Publicado em 08/07/2010 17:21 164 exibições

A taxa de câmbio voltou a encerrar o dia abaixo de R$ 1,77, a reboque do momento positivo das Bolsas de Valores. Os agentes financeiros têm um momento de alívio na aversão ao risco, aproveitando o hiato de más notícias sobre a economia mundial.

Entre os destaques do dia, analistas destacam a revisão (para cima) das projeções do FMI (Fundo Monetário Internacional) para o crescimento da economia mundial neste ano --de 4,3% para 4,6%-- no caso do Brasil, a previsão para alta do PIB de 2010 foi revista para 7,1%, número 1,6 ponto percentual superior à estimativa passada.

Nesse contexto, o dólar comercial foi trocado por R$ 1,764, queda de 0,16%, nas últimas operações. Os preços da moeda americana oscilaram entre R$ 1,777 e R$ 1,760. Nas casas de câmbio paulistas, o dolar turismo foi mantido em R$ 1,890.

A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) opera em alta de 0,37%, aos 63.518 pontos. O giro financeiro é de R$ 5,18 bilhões. Nos EUA, a Bolsa de Nova York sobe 1%.

Ainda no front externo, o BCE (o banco central para a zona do euro) manteve a taxa básica de juros em 1% ao ano, pelo 14º mês consecutivo, em linha com as expectativas do mercado financeiro.

Internamente, o IBGE apontou uma expansão de 0,3% no nível de emprego do setor industrial em maio, o quinto mês consecutivo de crescimento. No confronto com maio de 2009, a expansão foi de 4,2%, a quarta consecutiva.

Juros futuros

No mercado futuro de juros, que serve de referência para o custo dos empréstimos nos bancos, as taxas projetadas ficaram mais altas.

No contrato para outubro de 2010, a taxa prevista avançou de 10,92% para 10,94%; no contrato para janeiro de 2011, a taxa projetada ascendeu de 11,30% para 11,32%; e no contrato para janeiro de 2012, a taxa prevista caiu de 11,87% para 11,90%. Esses números são preliminares e estão sujeitos a ajustes.

Fonte:
Folha Online

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário