Em dia de poucos negócios, Bovespa mantém tendência de queda; dólar vale R$ 1,72

Publicado em 06/09/2010 14:50
244 exibições

As ações brasileiras são negociadas com perdas na jornada desta segunda-feira, véspera de feriado (Independência). Sem a referência dos mercados americanos, que não operam hoje ("Labour Day"), o investidor se retrai, mantendo o giro de operações do dia bastante baixo. Os papéis da Petrobras, com a perspectiva da capitalização, continuam "isolados" no topo dos ativos mais negociados.

O Ibovespa, índice que reflete os preços das ações mais negociadas, cai 0,27%, aos 66.497 pontos. O giro financeiro é de R$ 1,26 bilhão; Na Europa, a Bolsa de Londres fechou em alta de 0,20%; a Bolsa de Frankfurt valorizou 0,33%.

Somente as ações preferenciais da Petrobras giram R$ 319 milhões, tendo ganho de 0,41%. A ação ordinária avança 0,8%.

O dólar comercial é vendido por R$ 1,727, em queda de 0,23% sobre o fechamento da semana passada.

Entre as primeiras notícias do dia, o boletim Focus, elaborado pelo Banco Central, mostrou que a maioria dos economistas do setor financeiro revisou para cima suas projeções para o crescimento do país: o aumento previsto para o PIB foi de 7,09% para 7,34% neste ano. O relatório mostrou ainda que o mercado manteve em 5,07% a expectativa para a inflação medida pelo IPCA de 2010.

A balança comercial teve superavit de US$ 138 milhões na primeira semana deste mês, a diferença entre exportações de US$ 2,616 bilhões e importações de US$ 2,478 bilhões.

No front externo, uma sondagem privada apontou uma queda no nível de confiança dos investidores na economia do zona do euro. Após a alta impressionante nas condições da zona do euro no mês passado, seria difícil esperar mais um grande avanço no indicador de confiança econômica', destacou o Sentix, o grupo responsável pela pesquisa, em comunicado.

Fonte: Folha Online

Nenhum comentário