Governo chinês diz que não há motivos para valorizar yuan

Publicado em 23/09/2010 09:20
180 exibições
O chefe de governo chinês, Wen Jiabao, disse nesta quarta-feira (22), em Nova York, que não há motivos para uma drástica valorização do yuan, ao comentar os insistentes pedidos dos Estados Unidos, que acusam Pequim de manter sua moeda artificialmente barata.

"Não há motivos para uma drástica valorização do renminbi (yuan)", enfatizou Wen Jiabao ao discursar para o Comitê Empresarial Estados Unidos-China.

"Se o renminbi for valorizado em entre 20% e 40%, como pede o governo dos Estados Unidos, não sabemos quantas empresas chinesas quebrarão, quantos trabalhadores chineses perderão seu emprego e quantos voltarão ao campo, gerando uma importante turbulência na sociedade chinesa", destacou.

O presidente americano, Barack Obama, disse esta semana que o yuan "está abaixo de seu valor de mercado", e pediu aos chineses que façam mais para promover condições "justas" ao comércio.

"O que dissemos (aos chineses) é que devem deixar que sua moeda valorize, que estão enriquecendo, estão exportando muito e precisam fazer um ajuste baseado nas condições do mercado".
Fonte: France Presse

Nenhum comentário