China promete reformas para lidar com incertezas globais

Publicado em 15/11/2010 12:24
252 exibições
A China precisa aumentar suas reformas estruturais para estimular a demanda doméstica diante da fraca recuperação da economia mundial, disse o vice-primeiro-ministro chinês, Li Keqiang.

"A economia global ainda está enfrentando grandes incertezas e não eliminou o impacto profundo da crise financeira", disse Li, segundo a agência de notícias Xinhua.

A fraqueza da recuperação global pode ofuscar os esforços da China para impulsionar as exportações, enquanto o desequilíbrio econômico entre os países continua e o protecionismo aumenta, disse Li.

Ele advertiu sobre o prejuízo potencial causado por dívidas governamentais excessivas e por políticas monetárias expansionistas em algumas nações.

"Algumas economias grandes têm implementado políticas monetárias expansionistas para estimular a recuperação econômica, injetando uma quantidade enorme de liquidez que pode criar turbulências nos mercados financeiros globais e elevar os preços das commodities", disse Li.

Segundo ele, isso pode induzir as entradas de capital em economias emergentes.

Autoridades chinesas têm criticado a última rodada de estímulos monetários implementada pelo Fed (Federal Reserve, o banco central dos EUA), alertando que a medida pode prejudicar a economia global e inflar bolhas de ativos.

A China irá manter uma "taxa de crescimento apropriada" para investimentos e incentivar o investimento privado, disse Li.

Ele acrescentou que o governo irá reduzir sua intervenção na economia e deixar as forças do mercado agirem, fortalecendo a supervisão para prevenir riscos financeiros.
Fonte: Reuters

0 comentário