Dólar fecha a R$ 1,70; Bovespa retrocede 0,48%

Publicado em 20/12/2010 16:10 187 exibições

Em uma semana mais curta, devido ao recesso de Natal, o mercado de câmbio já começa a mostrar sinais de "esfriamento" das atividades nesta segunda-feira.

Conforme os números da BM&F (no segmento de negócios à vista), o valor contratado caiu de US$ 3,67 bilhões na sexta-feira para US$ 2,21 bilhões (dado preliminar) nas operações de hoje.

Como profissionais do setor destacavam na semana passada, uma parcela importantes do setor empresarial, a exemplo de filiais de grandes multinacionais, costumam entrar em regime de férias coletivas a partir desta segunda.

A agenda econômica também foi bastante esvaziada, sem maiores destaques no front externo. Internamente, o boletim Focus mostrou um roteiro conhecido: as projeções para a inflação de 2011 voltaram a subir -- o IPCA previsto passou de 5,21% para 5,29%-- enquanto os prognósticos para a taxa de câmbio foram mantidas em R$ 1,70 (2010) e R$ 1,75 (2011).

Nesse contexto, o dólar comercial foi cotado por R$ 1,708 nas últimas operações de hoje (baixa de 0,4%), após oscilar entre R$ 1,713 e R$ 1,708. Nas casas de câmbio paulistas, o dólar turismo foi negociado por R$ 1,800 para venda e por R$ 1,640 para compra.

Ainda operando, a Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) registra queda de 0,48%, aos 67.652 pontos. O giro financeiro é de R$ 8,15 bilhões. Nos EUA, a Bolsa de Nova York cai 0,12%.

JUROS FUTUROS

No mercado futuro de juros, que serve de referência para o custo dos empréstimos nos bancos, as taxas projetadas ficaram estáveis em boa parte dos contratos mais negociados.

No contrato para julho de 2011, a taxa projetada foi mantida em 11,39%; para janeiro de 2012, a taxa prevista passou de 11,86% para 11,89%. E no contrato para janeiro de 2013, a taxa projetada permaneceu em 12,32%. Esses números são preliminares e estão sujeitos a ajustes.

Fonte:
Folha Online

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário