PAC 2 vai acelerar o desenvolvimento da Região Oeste de MT

Publicado em 26/04/2011 11:36 370 exibições
O 6º Circuito Aprosoja iniciou nesta segunda-feira (25.04) a etapa de visitas à região Oeste de Mato Grosso. No município de Campos de Júlio, o presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho (Aprosoja), Glauber Silveira, repercutiu os investimentos alocados pelo PAC 2, que prevê estudos necessários para avaliar e conhecer de fato todas as viabilidades de exploração de duas hidrovias no estado. De acordo com Silveira, a região Oeste viverá por um crescimento econômico nos próximos dez anos graças à viabilidade técnica do projeto do governo federal.

Glauber Silveira destacou ainda que os recursos proporcionados pelo PAC 2 irão auxiliar no escoamento da produção por meio  do transporte intermodal em Mato Grosso. “Com os investimentos trazidos pelo PAC 2, MT poderá finalmente ter uma logística eficiente para o escoamento de toda a produção. Esses investimentos irão ampliar o perfil socioeconômico de toda a região Oeste”, destacou o presidente da Aprosoja.

O Ministério dos Transportes autorizou o Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) das hidrovias Teles Pires – Tapajós e Juruena - Tapajós, no valor aproximado de R$ 13 milhões. O ministério autorizou também para este ano o início das obras de dragagem, derrocagem e sinalização no rio Tapajós no trecho entre Santarém a Miritituba e a construção do porto público em Miritituba.

Na avaliação do produtor de Campos de Júlio, Murilo Antonio Bianchi, os investimentos trazidos pelo PAC 2 podem significar um ganho de até 20% na produtividade, além de desenvolver a economia de toda região Oeste de Mato Grosso. Para o prefeito Dirceu Comiran, o município de Campos de Júlio têm potencial para receber esses investimentos previstos pelo PAC 2. “Precisamos de investimentos em logística nas estradas e de expansão da ferrovia. Estes investimentos são essenciais para a industrialização do município", apontou o prefeito.

CIRCUITO - O município de Campos de Júlio foi a 8ª cidade de Mato Grosso a receber a edição do Circuito Aprosoja, o evento foi realizado no Sindicato Rural do município. Depois de Campos de Júlio as próximas cidades a receberem o circuito de palestras são Sapezal, Tangará da Serra, Diamantino, Tapurah, Vera, Sinop, Nova Mutum, Sorriso, Querência, Gaúcha do Norte, Canarana, Nova Xavantina e Lucas do Rio Verde. O objetivo é levar informação ao produtor para auxiliá-lo no planejamento da próxima safra. O evento é uma realização da Aprosoja e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar).

Fonte:
Aprosoja

0 comentário