Ruralistas e ambientalistas divergem sobre aumento do desmatamento

Publicado em 11/05/2011 14:17 300 exibições
O coordenador da Frente Parlamentar Agropecuária, deputado Moreira Mendes (PPS-RO), criticou há pouco a intenção de alguns partidos de adiar a análise da proposta do novo Código Florestal. Ele disse que existe uma série de inverdades sendo ditas em relação aos níveis de desmatamento observados no País em decorrência do aumento da produção agrícola.

Segundo Mendes, um estudo da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) mostraria o Brasil como o país que menos desmatou no mundo. Para o deputado, o novo projeto de código não incentiva o desmatamento, apenas regulariza a situação de áreas já exploradas.

O coordenador da Frente Ambientalista, deputado Sarney Filho (PV-MA), por outro lado, lamentou o fato de o Plenário ainda estar discutindo o texto antigo do relatório do deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), porque o atual ainda não está disponível.

Sarney Filho se disse contrário à ideia de usar a legalização das propriedades rurais para afrouxar as regras da legislação ambiental e permitir o aumento do desmatamento no País.
Fonte:
Agência Câmara

0 comentário