Bolsas da Ásia fecham com valorização; Xangai avança quase 3%

Publicado em 25/08/2011 08:09 220 exibições
A renúncia de Steve Jobs do cargo de executivo-chefe da Apple repercutiu nos mercados acionários da Ásia nesta quinta-feira. Os investidores acompanharam os papéis do setor de tecnologia e deram atenção ao fechamento de Wall Street ontem, quando o Dow Jones subiu mais de 1% e o Nasdaq aumentou 0,88%.

Os agentes aguardam ainda as palavras do presidente do Federal Reserve (Fed), Ben Bernanke, que participa amanhã de evento em Jackson Hole, em Wyoming (EUA). A expectativa é de que o dirigente do banco central americano possa indicar novas medidas de estímulo econômico.

Em Tóquio, o Nikkei 225 aumentou 1,54%, para 8.772,36 pontos. Em Xangai, o Shanghai Composite verificou valorização expressiva, de 2,92%, alcançando 2.615,26 pontos. Foi o avanço mais expressivo em mais de 10 meses, apontou a agência de notícias Xinhua.

O Hang Seng, de Hong Kong, registrou elevação de 1,47%, somando 19.752,48 pontos. O S&P/ASX 200, de Sydney, verificou ampliação de 1,08%, aos 4.212,80 pontos. Em Seul, o Kospi apresentou alta de 0,56%, para 1.764,58 pontos.

Ontem, ao anunciar a saída de Jobs do posto de executivo-chefe da Apple, já foi conhecido o sucessor para o cargo - a vaga vai ser preenchida por Tim Cook, que era diretor operacional da empresa. Jobs continua na Apple, como presidente do conselho de administração.

"A liderança e visão extraordinária de Steve salvou a Apple e guiou a empresa para a posição de companhia de tecnologia mais inovadora e valiosa do mundo", comentou o chairman da Genentech, Art Levinson, em nome do conselho da Apple. Ele complementou que, como presidente do conselho, Jobs vai continuar contribuindo com "sua inspiração, criatividade e intuição únicas".

Fonte:
Valor Online

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário